Buscar
  • Ana Alencar

Meu primeiro namorado, real e oficial.

2007 foi um ano de sentimentos confusos, entre inicio e fim de relacionamentos, conheci ele, na verdade essa história é bem engraçada, assim como todas as outras, meus relacionamentos são sempre confusos...

Vou te contar....


Ele trabalhava na equipe de uma amiga, ela dizia que achava que ele tinha interesse nela, pois ele ficava olhando para ela, mas ela não dava bola, porque tinha namorado... aos poucos ele foi se aproximando da gente, e a gente (eu e ela) com a ideia fixa de que ele se aproximava por interesse nela, certo dia ela brigou com o namorado e queria dar o "troco" nele, então logo pensou em ficar com esse rapaz que tinha interesse nela, ocorre que quando falou com ele, ele tinha interesse sim, mas em mim! Eu achei engraçado, até que acabei me aproximando me interessando e ficamos, quando vimos estávamos há um ano juntos! O tempo passou rápido demais, nossos primeiros 3 anos de relação foram muito bons, eu era uma pessoa romântica, trocávamos cartas, fazíamos piquenique, tudo que sempre sonhei em uma relação, ela era carinhoso, amoroso, a primeira carta que ele me deu foi "Corintios 13", me entregava rosas roubadas do quintal, foi bem lindo, mas aos poucos nos perdermos na rotina, deixamos o desgaste se aproximar, junto disso as ideias começaram nos distanciar, eu queria voar, crescer, evoluir, ele não queria me acompanhar, eu queria casar, ter filhos, mas ele dizia "Anamorada, (ele me chamava assim ou Amorada rsrs) estamos a 5 anos juntos mas se colocarmos no papel em dia e horas não temos um ano junto", pois aos poucos fomos deixando a relação morrer, a admiração morrer e quando eu vi, já não tinha mais nada, nossa rotina estava extremamente toxica para mim, eu estava infeliz, já não era mais quem eu era, mas era difícil terminar, 5 anos a mãe dele era uma segunda mãe para mim...

Foi difícil, quando me vi me apaixonando por outra pessoa, decidi por fim no relacionamento, foi difícil mesmo assim, eu senti muito por ter chego ao fim, mas era o melhor para nós dois. Ele é uma pessoa de bom coração e merecia alguém com os mesmos ideais dele.

Hoje está casado, tem um filho, e estamos felizes com nossas escolhas! Não poderia ter sido diferente


Desejo amor e luz, afinal o que se leva dessa vida é a vida que se leva. Somos feitos de escolhas!





9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Maktub...