Buscar
  • Ana Alencar

Por isso sempre digo que ninguém te ilude você se ilude sozinho.

Não sou uma pessoa que acredita em amor a primeira vista, mas em atrações sim!

Assim foi ele na minha vida, confesso que não sei o que vi nele na época, talvez a cor da pele tenha me chamado atenção. Tudo começou quando encontrei ele na rua, me interessei, descobri que ele era irmão da minha amiga, ele também se interessou, naquele dia eu vestia roupa preta, ele se atraia nisso... eu tinha 16 anos, trocamos telefone, naquela época eu nem celular tinha... ele me ligou, e foi no meu portão sentar e jogar conversa fora, aliás fazíamos isso todo dia, ele era uma pessoa muito divertida, dono de muitos dos meu risos, nossa amizade um tanto quanto "colorida", durou em torno de 3 anos, ele foi meu melhor amigo e também minha melhor decepção, nossa relação foi assim, ficávamos, parávamos, ele namorou outras pessoas, voltamos a ficar, depois paramos, ele quis namorar eu não quis, depois nos distanciamos de verdade, mas depois ele me procurou, me beijou namoramos, durou um mês (risos).

Terminamos, ficamos mais uma vez essa a ultima em Setembro de 2007, após isso ficamos longos anos sem nos falar.

Em resumo nossa história foi engraçada, mas bem intensa, sem dúvida uma carga de experiencia que levo na alma. Foi a primeira vez que me apaixonei de verdade.

Hoje sou grata até pelas decepções que ele causou, porque ele nunca me escondeu nada, se eu me iludi foi porque eu idealizei algo que não existia e talvez seja isso, as pessoas idealizam umas as outras e se iludem pelo que cria na mente.




6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Maktub...